• Marcos Stuani

Quer ser um doador de sangue? Confira tudo que você precisa saber sobre o tema.



Não é novidade para ninguém a necessidade constante que hemocentros têm de repor seu estoques de sangue de todos os tipos para que possamos ter uma estabilidade na quantidade de suas reservas. Para que isso ocorra, existe o sistema de doação de sangue.


Esse ato é considerado de grande importância, visto que em emergências, a disponibilidade ou não de sangue para transfusão pode ser o fator determinante para a recuperação do paciente.


Para que você possa contribuir de forma segura tanto para sua própria saúde, quanto para o paciente que receberá sua doação, é necessário que se cumpra alguns pré requisitos importantíssimos. Confira a seguir todos eles de forma detalhada:


  • Estar com boa saúde;

  • Ter entre 18 e 69 anos (é possível doar a partir dos 16 anos, desde haja consentimento formal do responsável legal);

  • Ter peso mínimo de 50kg;

  • Estar bem alimentado e evitar alimentos gordurosos antes da doação;

  • Não consumir bebidas alcoólicas 12 horas antes da doação;

  • Apresentar documento com foto;

  • Mulheres podem doar a cada 90 dias, 3 vezes em 12 meses;


Algumas situações impedem de forma temporária a doação. São elas

  • Tatuagem, piercing ou maquiagem definitiva há menos de 1 ano;

  • Piercing na área genital ou oral;

  • Resfriado ou gripe (aguardar 15 dias após o término dos sintomas;

  • Covid-19 (aguardar 30 dias após a cura do contágio);

  • Endoscopia, Colonoscopia ou Broncoscopia há menos de 6 meses;

  • Herpes em atividade;

  • Alergia em crise (asma, rinite ou urticária);

  • Gravidez e amamentação;

  • Estilo de vida que inclua uso de drogas ou sexo sem uso de preservativo com múltiplos parceiros.

  • Existem ainda, algumas situações que impedem definitivamente a doação de sangue. São elas:

  • Cirurgias Cardíacas e bariátricas;

  • Transplante de Córneas.

Também existem casos que necessitam de avaliação prévia para liberação da doação. São eles:

  • Cirurgias no último ano;

  • Procedimentos Odontológicos;

  • Vacinas;

  • Uso de medicamentos.


E aí, ficou com vontade de ajudar a salvar vidas? Então procure o banco de sangue mais próximo da sua casa! Lembrando que é melhor sempre entrar em contato com o local da doação para confirmar todos os critérios e ter certeza que está tudo dentro dos procedimentos que permitem um procedimento seguro para o doador.


Gostou do conteúdo? Então siga a Personale nas redes sociais, pelo: Facebook @personalepremium

Instagram @personale.premium

Site www.personalepremium.com.br


É a Personale de mãos dadas com você, em prol de um mundo melhor!



Em destaque

Postagens recentes