Jejum intermitente: será que vale a pena fazer?

O jejum intermitente tem sido bastante discutido ultimamente. Inclusive, alguns nutricionistas já utilizam essa estratégia com seus pacientes com diversos objetivos. Será que vale a pena? Há muito tempo a recomendação básica de todo nutricionista é fazer o fracionamento da alimentação em cerca de 5 a 6 refeições diárias e, portanto, comer com intervalos de 3 horas. Fazendo desta forma, seria mais fácil alcançar o valor calórico total obtendo grande variedade de nutrientes e compostos bioativos, além de melhorar a saciedade e reduzir a compulsão alimentar e os níveis sanguíneos de glicose, cortisol e colesterol. Com o aumento dos estudos sobre o jejum e suas implicações metabólicas, já temos

Quer viver mais? Então, trate de ter mais massa muscular!

Não é segredo para ninguém que a atividade física praticada de quatro a cinco vezes por semana ajuda a prolongar a vida. Ou seja, tenha músculos fortes se quiser ter uma vida longa. Porém, quando procuramos associar algum suplemento para ajudar nesse fortalecimento, o que mais se comenta é que a creatina ajuda a criar músculos. O meu conselho é que você tome muito cuidado com esses produtos em pó para fisiculturistas, pois muitos deles não contêm exatamente o que está na rotulagem. Basta observar o que aconteceu recentemente no Brasil; algumas marcas continham menos proteína e mais carboidrato do que se propunham. Com isso você pode na verdade estar ganhando tecido gorduroso e não músculos.

Em Destaque
Siga!
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo.

Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

É a Personale, de mãos dadas com a saúde física, informando você! 

© 2015 | Personale Premium Fitness - Um novo conceito em academia.